A OUI concede o Prêmio Interamérica a personalidades do setor universitário, político ou sócio-econômico que tem contribuído de maneira excepcional ao desenvolvimento do ensino superior nas Américas e ao fortalecimento de laços científicos e culturais entre os países do continente. Esse Prêmio destaca, por sua vez, o papel desempenhado em relação ao desenvolvimento sustentável desses países, dentro de uma perspectiva de maior integração dos povos do continente.

Em 2012, o Prêmio Interamérica foi integrado ao Congresso das Américas sobre Educação Internacional (CAEI) e é hoje outorgado pelas 28 associações universitárias membros e signatárias do Memorando de Entendimento da iniciativa.

Desde 1985, se honrou a:

2015

  • Ignacio Ellacuríaex-reitor, Universidad Centroamericana (UCA), El Salvador.

2013

  • Luiz Inácio Lula da Silvaex-presidente do Brasil.

2012

  • Carlos Fuentes, escritor e humanista, México.

2007

  • Pierre Cazalis, ex-coordenador geral do Instituto de Gestão e Liderança Universitárias (IGLU), Canadá.
  • Mario Bunge, físico, filósofo, epistemologista, humanista e professor da McGill University, Montreal, Canadá.

2005

  • Fernando Henrique Cardoso ex-presidente do Brasil.
  • Lauro Ribas Zimmer, Presidente honorário da OUI, Brasil.

2003

  • José Sarukhán Kermezcoordenador nacional, Consejo Nacional para el Conocimiento y Uso de la Biodiversidad, e ex-reitor da Universidad Nacional Autónoma de México (1989-1996), México.

2001

  • Raul Alfonsín, ex-Presidente da Argentina.

1999

  • Huguette Labelle, Presidente, Agência Canadense de Desenvolvimento Internacional, Canadá.

1997

  • Cardinal Lucas Moreira Neves, arcebispo metropolitano de São Salvador da Bahia, Primado da Igreja do Brasil e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

1995

  • Patricio Aylwin Azócar, ex-presidente do Chile.

1993

  • Embaixador  João Clemente Baena Soares, secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Brasil.
  • Gilles Boulet, presidente fundador da OUI, Canadá.

1991

  • Oscar Arias SánchezPrêmio Nobel da Paz e ex-presidente da Costa Rica.
  • Alan F. McHenry, Presidente, Richard Lounsbery Foundation, Estados Unidos.

1990

  • Pierre Dansereau, ecologista, professor emérito da Université du Québec à Montréal e pioneiro da cooperação interamericana, Canadá.

1989

  • Margaret Catley-Carlson, Vice-ministro, Ministério da Saúde e Bem-estar social do Canadá e ex-Presidente da Agência Canadense de Desenvolvimento Internacional, Canadá.

1988

  • Manuel SadoskyMinistro de Ciência e Tecnologia, Argentina.
  • Victor Urquidiex-presidente, Colegio de México, Mexico.

1987

  • Allan K. Gillmore, presidente e diretor geral, Association of University and Colleges of Canada, Canadá.
  • Edson Machado de Souza, vice-ministro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES), Ministério de Educação, Brasil.

1986

  • Roberto Marinho, presidente, Organizações GLOBO, Brasil.

1985

  • Rafael Velasco Fernández, vice-ministro, Ministério de Educação, México.
  • Charles Young, presidente, University of California, Los Angeles, Estados Unidos.
  • François Loriot, Secretário geral executivo da OUI, Canadá.