Gilles Boulet

Presidente fundador da OUI e artífice da cooperação universitária internacional

A história da OUI não pode ser escrita sem reconhecer de maneira especial a contribuição determinante de seu fundador, Gilles Boulet.

Sua reflexão se iniciou nos anos 60, quando nasceu e se desenvolveu nele, um profundo interesse para o ensino da história das civilizações latino-americanas. Esse interesse se converteu numa aspiração precisa quando foi nomeado presidente da Université du Québec em 1978.

Explicou ele:

Eu tinha observado um desconhecimento e uma deplorável ausência de vínculos entre as universidades da América do Sul e da América do Norte. Existia um grande potencial de intercâmbio entre essas instituições que pertenciam a um mesmo continente e, no entanto, não havia nenhuma associação que as reunisse. Pensei então que a solução pudesse ser a criação de tal instituição.

Uma serie de encontros confirmaram a visão de Gilles Boulet. Seus interlocutores expressaram grande entusiasmo ante a criação de um organismo que respondia a uma verdadeira necessidade de abertura por parte das universidades do continente americano.

Com o apoio de diretivos universitários, Gilles Boulet decidiu dar o grande passo. Assim, em 1979, nasceu, graças a grande contribuição do Canadá, o único organismo que reúne as instituições de ensino superior do continente americano. Durante o congresso de fundação, que teve lugar em 1980, Gilles Boulet pronunciou a seguinte frase, a qual repetiu constantemente durante os dez anos de seu mandato:

Desejo estabelecer, além e livre de toda fronteira, seja esta política, geográfica, econômica, ideológica ou social, uma cadeia universitária interamericana num esforço comum de melhorar e fortalecer cada um de seus elos.

Sob o impulso de seu presidente fundador, a OUI orientou sempre sua ação para um mesmo lema que Gilles Boulet resumia da seguinte maneira:

A ação do organismo se apoia numa visão do verdadeiro papel da universidade, que é de fato um papel social. Existe em cada comunidade, em cada nação, em cada país, um motor indispensável para o melhoramento social, e esse motor é a universidade. Mais ainda, a universidade está a serviço da população à qual deve sua existência. E graças a sua ação orientada para as instituições de ensino superior, a OUI contribui a conduzir sua gente para a liberdade política, social e econômica.

Gilles Boulet ocupou a Presidência da OUI até outubro de 1989. Seu compromisso com a OUI se continuou por muito tempo depois, através a realização de projetos especiais. Gilles Boulet faleceu em outubro de 1997, porem sua visão continua inspirando a organização.

 

Presidentes da OUI desde 1980

Garrido1 
2017-2019

Óscar GarridoUniversidad de Los Lagos, Chili

 

Allan Cahoon 2014-2015 
2015-2017

Allan Cahoon, Royal Roads University, Canadá

Bustamante Diez Y (2)

2013-2014

Yoloxóchilt Bustamante Diez, Instituto Politécnico Nacional, México

Marcial-Rubio-2011-2013-300x199
2011-2013

Marcial Rubio, Pontificia Universidad Católica del Perú, Perú

RaulArias-2009-2011
2009-2011

Raul Arias Lovillo, Universidad Veracruzana, México

LUIS-MIGUEL-2007-2009
2007-2009

Luis Miguel Romero Fernández, Universidad Técnica Particular de Loja, Equador

gerson_dasilveira-2005-2007
2005-2007

Gerson Luiz Joner da Silveira, Universidade do Sul de Santa Catarina, Brasil

Victor-Arredondo-2003-2005
2003-2005

Víctor A. Arredondo, Universidad Veracruzana, México

Freddy-Malpica-1999-2003
1999-2003

Freddy Malpica Pérez, Universidad Simón Bolívar, Venezuela

juan-carlos-romero-hicks-1997-1999
1997-1999

Juan Carlos Romero Hicks, Universidad de Guanajuato, México

Luis-Garita-Bonilla-1993-1997
1993-1997

Luis Garita Bonilla, Universidad de Costa Rica, Costa Rica

Lauro-Ribas-Zimmer-1989-1993
1989-1993

Lauro Ribas Zimmer, Universidade para o Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina e Universidade Estácio de Sá, Brasil

Gilles-Boulet-1980-1989
1980-1989

Gilles Boulet (presidente fundador), Université du Québec, Canadá